Entenda como funciona o Futmesa e sua popularidade no Brasil

Por Carolina Marçal
Esporte
8 de junho de 2022

Nos últimos tempos, o futmesa tem ganhado cada vez mais espaço no lazer dos brasileiros. A mistura de futebol, vôlei e tênis de mesa vem sendo praticado por todas as idades e gêneros.

Sabendo disso, a APCEF/MG decidiu fazer um campeonato entre os associados que praticam ou gostam do esporte. As inscrições para o primeiro Torneio de Futmesa da associação já estão abertas gratuitamente pela área de usuário e a competição acontece no dia 12/06/2022 (domingo), a partir das 9h, na Sede Social BH. Confira mais informações e o regulamento aqui.

Mas, pouco se sabe sobre como o esporte se popularizou aqui e como ele cresceu tanto. Vamos te contar um pouco sobre…

Foto: Marcos Ribolli

Esporte-empresa

Em abril de 2019, aconteceu o lançamento oficial do futmesa na cidade de São Paulo, no Museu do Futebol. Mas, antes disso, em 2018, os sócios Flávio Deleo e Juliano Alviz buscaram o aprimoramento e a inovação da categoria que estava surgindo no cenário esportivo. Em um ano à frente da empresa Futmesa Brasil, os dois conseguiram vender mais de 200 mesas para todo o Brasil e também para o exterior.

“Nos últimos anos, desenvolvemos e fomos aprimorando a modalidade. Nosso sonho é que o esporte cresça cada vez mais, para que no futuro se torne olímpico. Vamos em busca disso. Serão criados departamentos dentro dos clubes de futebol e, na sequência, realizados torneios internos, regionais, até chegar a um campeonato nacional”, afirmou Flávio Deleo.

O evento na capital paulista contou com a presença de ex-jogadores de futebol, como Fábio Luciano, Rodrigo Arroz e Caio Ribeiro, além das vice-campeãs mundiais de futevôlei, Nathália Guitler e Bianca Hiemer.

E essa popularidade de famosos praticando o esporte ajudou o futmesa a alcançar o público que tem hoje, além, claro, do trabalho dos sócios da Futmesa Brasil. Grandes nomes do futebol brasileiro começaram a postar vídeos e fotos jogando a nova modalidade, como Neymar, Thiago Silva, Philippe Coutinho, Roberto Firmino e Casemiro. Porém, fora do mundo futebolístico, o jornalista e digital influencer Fred Desimpedidos e o surfista Gabriel Medina também ajudaram na popularização ao praticar o esporte.

Com o ibope e os benefícios do Futmesa, dentre eles, a melhora no desenvolvimento da coordenação motora, a melhora dos reflexos, pontaria e controle de bola, diversos clubes de futebol, como o Palmeiras, Corinthians, Atlético MG, São Paulo e Internacional, têm utilizado o esporte para aprimorar seus atletas e, porque não, diverti-los.

“Os jogadores profissionais já abraçaram a ideia. A modalidade é ideal também para a diversão de toda a família”, finalizou o outro sócio, Juliano Alvizi.

Foto: Reprodução/@futmesabrasiloficial

Regras e benefícios

O Futmesa é um esporte que pode ser jogado em casa, na praia, no campo, no parque, escolas e esplanadas. Apesar do local variar, existem regras que são fixas. Confira:

🎯 jogo pode ser individual ou em dupla;

🎯 pontuação: dupla – 18 pontos / individual – 11 pontos;

🎯 partida pode ser realizada em 1, 3 ou 5 sets;

🎯 toques apenas pés e cabeça, incluindo saques;

🎯 caso erre o 1º saques, há outra tentativa (são no máximo 2 saques);

🎯 a bola, durante o saque, deve bater na área demarcada na mesa;

🎯 após o saque, a bola pode bater em qualquer parte do lado oposto para ser válido;

🎯 ao passar a bola para o adversário, não invada o lado oposto da mesa, por cima da rede;

🎯 são permitidos, no máximo, três toques na bola – mas, na recuperação do saque, são permitidos apenas dois toques;

🎯 é permitido subir na mesa, mas sem utilizar as mãos;

🎯 é estritamente proibido o uso das mãos durante a partida, tanto na bola quanto na mesa.

A prática do futmesa traz, para quem o pratica, uma série de benefícios, como:

✅ coordenação motora;

✅ equilíbrio;

✅ condicionamento cardiorrespiratório;

✅ flexibilidade;

✅ condicionamento físico;

✅ redução de estresse e ansiedade;

✅ perda calórica.

Fora do Brasil

Internacionalmente, o Futmesa tem uma versão chamada ‘teqball’. Criado na Turquia, em 2014, pelo ex-jogador de futebol profissional Gábor Borsányl e pelo cientista da computação Viktor Huszár, essa versão tem a mesa mais curva, é praticado em mais de 50 países, possui o seu próprio campeonato mundial e tem potencial para se tornar um esporte olímpico em breve.

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Cadastre-se para receber todas as notícias da APCEF/MG:
Captcha obrigatório
Ocorreu um erro, atualize a página e tente novamente.
Cadastro realizado com sucesso, em breve receberá todas as notícias da APCEF/MG em seu e-mail!
Campo obrigatório.