Apoiou o Eu Faço Cultura em 2020? Saiba como declarar e faça parte em 2021

Por APCEF/MG
Arquivo, Benefícios
15 de março de 2021

O processo é simples, mas importante. O principal é ficar atento ao prazo para envio da declaração, que termina dia 30 de abril

Os empregados Caixa que apoiaram ano passado o Programa Eu Faço Cultura precisam informar a adesão na declaração de imposto de renda 2021. É um processo simples, mas importante. O principal é ficar atento ao prazo para envio da declaração, que termina no dia 30 de abril. Se ela não for feita, não será possível ter o benefício fiscal.

Então, se você está entre as mais de 450 pessoas que no ano passado permitiram que o Eu Faço Cultura continuasse a levar livros, ingressos de eventos culturais, CDs e DVDs para quem não tem acesso à cultura, basta entrar no site eufacocultura.com.br para conferir todas as orientações necessárias para a declaração. Todos os dados necessários para o imposto de renda estão no recibo de mecenato, já disponível no histórico de adesões no site.

O passo a passo é o seguinte:

➡️ Escolha o modelo de DECLARAÇÃO COMPLETA e selecione a opção “Por Deduções legais”;
➡️ Vá em fichas de declaração;
➡️ Depois, entre em doações efetuadas;
➡️ Clique em novo para inserir um apoio realizado até 31/12/2020;
➡️ Em seguida, selecione o item 41 – Incentivo à cultura;
➡️ Preencha os dados da Fenae e o valor informado no recibo de mecenato. Deixe o campo “Parcela não dedutível” zerado. Ao finalizar, aperte ok para concluir o processo.

⚠️ Não se esqueça: para ter o benefício fiscal, é necessário fazer a declaração no modelo completo.

Mais informações em: eufacocultura.com.br/queroaderir/declaraoir

E aproveitando, fica o nosso obrigado, mais uma vez, aos empregados da Caixa que participaram e juntos estão permitindo que o Eu Faço Cultura distribua 14.815 livros, ingressos, CDs e DVDs neste ano para quem não tem acesso à cultura. Vocês estão apoiando 74 projetos culturais e levando respiro e entretenimento de qualidade para mais de 3.700 pessoas de baixa renda, idoso e pessoas com deficiência.

Sobre o projeto

Criado desde 2006, o programa “Eu Faço Cultura” oferecido pela Fenae e Apcefs, destina até 6% do seu imposto de renda declarados à receita federal do associado que aderir, para o incentivo de ações ações culturais como shows, apresentações teatrais, oficinas de dança, música, teatro, circo e fotografia em 57 cidades de todo o País à população carente.

Em 2020 o programa alcançou números expressivos, foram quase 4 mil pessoas de 720 cidades, em apenas 4 meses. São mais de 28.000 livros distribuídos entre infantis e adultos de artistas renomados e 53 produtores amparados.

Ao todo, o programa já distribuiu 358.720 produtos resgatados, 46.590 ingressos de cinema, 84.952 livros, CDs, DVDs e Blue-Ray e 227.074 ingressos de teatro, dança, shows e circo. Todos esses serviços foram ofertados em 840 cidades de todo o Brasil.

Aderindo ao programa você pode transformar a vida de pessoas excluídas do consumo da arte e mostrar um mundo totalmente novo a elas. O calendário 2021 para novas contribuições começam em maio. Todo o processo é realizado pelo site do Eu Faço Cultura, na página principal, acessando o tópico “Destine seu IR”. 

Estudantes de escolas públicas, MEI (Micro Empreendedor Individual), beneficiários do bolsa família dentre outros, são alguns dos atendidos pelo programa. Quer saber a lista completa e quais os documentos necessários para resgatar os produtos, clique aqui e confira.

Com informações da Fenae

Departamento de Comunicação da APCEF/MG

 

Compartilhe
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Cadastre-se para receber todas as notícias da APCEF/MG:
Captcha obrigatório
Ocorreu um erro, atualize a página e tente novamente.
Cadastro realizado com sucesso, em breve receberá todas as notícias da APCEF/MG em seu e-mail!
Campo obrigatório.