Ação coletiva

Correção do FGTS

Data de ajuizamento: 12/11/2019
Número da ação: (0001079-34.2019.5.10.0005)
Escritório responsável:
Ferreira Borges Advogados
Objeto

Reconhecimento da inconstitucionalidade da TR como índice de correção do FGTS, com a consequente aplicação ao FGTS do índice reputado correto pelo C. STF, com consequente condenação da Caixa ao pagamento das diferenças encontradas a partir da aplicação do índice correto. 

Importante: se o empregado Caixa estava filiado quando a ação foi ajuizada (12/11/2019), está incluído na ação e não há necessidade de ajuizar uma ação individual.

Quem participa
Todos os empregados da Caixa, sem distinção.

Newsletter

Cadastre-se para receber todas as notícias da APCEF/MG:
Captcha obrigatório
Ocorreu um erro, atualize a página e tente novamente.
Cadastro realizado com sucesso, em breve receberá todas as notícias da APCEF/MG em seu e-mail!
Campo obrigatório.